PASSO A PASSO

2017-10-26



Um pesadelo
horrendo

Antunes Ferreira
Foi dum pesadelo, a depressão bipolar, que consegui sair e quase não acredito que bastou um clique para aparecer a recaída e outro clique para recomeçar a viver… Sejamos claros: durante quase um ano em Lisboa e Goa e de novo em Lisboa fui uma pedra de basalto sem ligar ao que se passava à minha volta, à minha família, às minhas Amigas e aos meus Amigos que sempre, mas sempre! me empurraram para um caminho ressuscitado. Nunca lhes poderei agradecer.
Não há rosas sem espinhos

Mas mesmo assim faço-o do fundo do coração, sabendo que nada valho, intercalado com um muito obrigado. A vida é madrasta e não há rosas sem espinhos, nem semente semeada que dará em tempo oportuno o fruto da felicidade. Porém quase um ano não a consegui desatar de um silêncio desumano, 
marmóreo e tumular.



...descer aos infernos
Donde quero uma vez mais sublinhar os resultados que consegui alcançar e chegar aos objectivos mais consentâneos e resumidos no que o povo diz – esta vida são dois dias. Contudo o ano horribilis durou pelas minhas contas 303 dias. Um tsunami bipolar é mais do que descer aos infernos sem saber que os podia deitar fora pela janela aberta da felicidade e da euforia que queria voltar a desfrutar.

Perdoem-se leitores este desabafo que é mais confissão; embora não tenham sido parte duma dor que senti na pele e na carne que não me era possível sair desse nevoeiro sem cavalo branco nem sebastião, sempre estiveram comigo nas horas mais más. Repito: a vida é madrasta e o contar dos dias desanimados e trucidados por mor de uma maleita indescritível é uma vereda negra que nos amarga os meses ´perdidos dum calendário também perdido e lancinante.


A Raquel e eu


Hoje fico-me por aqui na companhia duma Grande Mulher de nome Raquel que me acompanhou como sempre me acompanha nos dias mais ácidos duma doença que nos tira o amor à Vida. Depois no sábado virão os filhos e as filhas/noras e os netos e a neta que são para mim os melhores do Mundo. Do Mundo? Do universo sem buracos negros nem cassiopeias mas estrelas brilhantes que nos dão o alento para alcançar o objectivo mais ansiado - viver.

  

  





33 comentários:

  1. Ganda Raquel :-)) Enorme senhora. É um sortudo Henrique, já lho disse e repito, se ela se mantém aí, a família também e os amigos não fugiram, alguma razão haverá - já pensou que será simplesmente porque o amam? Trate-os bem - trate-se bem.
    Abreijo daqui até aí, para todos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida nonamiga

      Tenho um enorme prazer de dizer que na verdade somos muito felizes
      Filhos, oras/filhas, neta e netos como acima digo são os melhores do Universo... :-):-):-):-)

      Apenas um exemplo: o Vicente que ai 19 anos e esteve no primeiro ano do ISEG foi o molhe do ano: três 20, um 19 e dois 18...

      Todos os sábados almoçamos todos juntos na nossa casa. A Raquel faz diversos pratos para 17 bicos: picantes, "normais" e para os netos "especiais.
      A Raquel cozinha muito bem e como gosta das madrugadas passa na cozinha umas 8/9 horas a preparar os manjares...

      Aniversários natais e quejandos: Zás! igual receita mas como têm outras sogras/os dividem-se; dois passam o Natal connosco, o outra passa com os sogros. no dia 26 trocam-se... E como o 26 foi o dia em que casámos; à noite os gentios que foram, voltam, os que ficaram, ficam! :-):-) :-) + espumante + bolo rei e rainha...

      Posso dizer que estou apavorado: já em Novembro começa a saga dos aniversários concentrdérimos, uma pipa de massa! E como os euros caros e raros, tendo nós os bolsos cheios de... cotão a "tragédia" não é nada fácil...:-):-):-):-)

      Como vês querida amiga temos obrigatoriamente de ser felizes...

      Qjs do Henrique, o Leãozão e de todo povo-Ferreira, que gostaram muito do escreveste sobre mim = unanimidade. Obviamente da Raquel.



      Eliminar
  2. Querido amigo.
    Foi meritório este agradecimento, mas a partir de agora, ORDENO-TE que
    não mais fales de coisas tristes.
    Tens sempre que procurar o lado picaresco, engraçado, ridículo, folgazão
    e cómico da vida.
    É um prazer voltar a ler-te.
    Abraços e beijinhos de boa amizade para ti e Raquel.
    ~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Madrinhamiga

      ...e eu como fiel afilhado, submeto-me. Tem piada: todas as amulhere mandam em mim e eu medrosamente - cumpro :-):-)

      Bjs da Raquel e qjs o teu afilhado
      Henrique, o Leãozão

      Eliminar
  3. Que sejas bem-vindo de volta, amigo Henrique. A vida é uma luta ininterrupta e se hoje se perde uma batalha amanhã inverte-se tendência e provamos o sabor da vitória. E de vitória em vitória se faz o triunfo final, que sei que conseguirás alcançar. Forte abraço!

    ResponderEliminar
  4. Reforço a ideia da Majo, FerreirAmigo - concentra-te nas (muitas) coisa da vida que tens.
    O resto não pode ser tão importante como o muito de bom que te rodeia.
    Grande abraço para ti, beijos para a Raquel que é o exemplo vivo do que é uma COMPANHEIRA.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Coimbramigo

      Humildemente, ajoelhado, cumpro. Porra! Até os gajos mandam em mim!

      Triqjs e abração para tu


      Henrue, o Leãozão

      Eliminar
  5. Nem posso imaginar o que passaste, meu querido Amigo. Agora é preciso andar para a frente sem que nada te venha perturbar, para que voltes à alegria de viver.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Gracinhamiga

      Todos têm sido tão gentis para mim, tu obviamente incluída, minha musa, que começo a não saber agradecer...

      Qjs do Henrique, o Leãozão

      Eliminar
  6. Ser bipolar é complicado.
    Mas há quem vença e se cure. Sei que vais conseguir manter-te longe desse pesadelo. Força, meu amigo.
    Bom fim de semana, caro Henrique.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jaimamigo

      A bipolar não tem cura: apenas se estabiliza; estabilizado tenho vivido. Mas como é bipolar tem picos altos e baixos.

      De resto só te posso dizer - obrigado.

      Abç do Henrique, o Leãozão

      Eliminar
  7. O importante é que estejas de novo na nossa companhia e com boa disposição, Henrique. Espero que me releves a falta de assiduidade na Travessa, mas como sabes a minha saúde não está nada boa e agora procuro desfrutar ao máximo o tempo que me resta. Grande abraço e continuação de boa saúde.

    ResponderEliminar
  8. Caro Carlosamigo

    Muito te agradeço este comentário. Somos irmãos na amargura, tu talvez pior do que eu. Mas, aos 76 de idade o prazo de validade já não é muito. Sei bem do teu estado de de saúde, mas não esqueças que a esperança é a última coisa..

    Na verdade a saúde o mais importante - tudo o resto são peanuts Continuo a apoiar-te, a dar-te a minha solidariedade; mais não posso fazer, infelizmente.

    Um abração Amigo e vai escrevendo o teu blogue que é uma escolha e ocupação terapêuticas.

    Henrique o Leãozão

    ResponderEliminar
  9. E que o pesadelo nunca mais volte!
    beijinhos para os dois e um bom Domingo

    ResponderEliminar
  10. Querida Gabrielamiga

    Faço força para que isso não aconteça. Mas a minha vontade não conta. A bipolar é um Spachatle que vai e vem...sem poder para o controlar. Puta de vida!

    Bjs da Raquel e qjs do Leãozão

    ResponderEliminar
  11. Que essa força e alegria/vontade de viver nunca lha falte, meu caro Antunes Ferreira.

    ResponderEliminar
  12. Bagonhamigo

    Oxalá assim seja, muito obrigado.

    Estou preocupado porque não sei ou não me lembro - quem és tu, Bagonha com s.?

    Abç do Henrique, o Leãozão

    ResponderEliminar
  13. E não sabe mesmo, amigo Ferreira. Já "passava" aqui pela travessa há algum tempo, mas nunca cá tinha botado discurso. Caso para dizer que passei por cá muitas vezes mas nunca entrei.

    ResponderEliminar
  14. Borgonhamigo

    ... e o mistério adensa-se :-):-)

    Abç do Henrique, o Leãozão

    ResponderEliminar
  15. Um grande abraço e é bom saber-te de volta à escrita! E um beijinho para a D. Raquel, claro está, o que seríamos de nós sem esses anjos que são as mulheres?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rafeiramigo

      Boa! Muito obrigado. A Raquel costumo dizer é uma Senhora! Com isso digo tudo...

      Abç do Henrique, o Leãozão

      Eliminar
  16. E fico muito contente de te ver de volta, querido amigo! Não penses mais em doença e que vai voltar, pense que estás livre pra voar e para viver feliz.
    Beijos também para a grande mulher que está ao teu lado, e que falas sempre com muito carinho.

    ResponderEliminar
  17. Taisamiga
    Os teus desejos são iguais aos meus.

    Muito obrigado

    E o teu Pedro penso que nunca me veio visitar aqui à NOSSA TRAVESSA! Fugiu para a Patagónia Ou para o Ruanda?...

    Qjs do
    Henrique, o Leãozão

    ResponderEliminar
  18. Desejo que consiga ir controlando a doença e se mantenha ativo nestas lides...

    ResponderEliminar
  19. Querida Luisinhamiga

    Muito e muito obrigado

    Qjs do Henrique, o Leãozão

    ResponderEliminar
  20. Amigo , sinceramente: que siga sem recaídas e que nos dê sempre o prazer da sua escrita.

    Beijinhos para si e para Raquel.

    Domingo feliz com semana a condizer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Sãozinhamiga

      Muito obrigado pelos teus desejos de estabilização da maldita bipolar.

      Bjs da Raquel e qjs do Leãozão

      Eliminar
  21. Autêntica Fénix renascida...
    Folgo em sentir, e de maneira, o teu regresso, Antunesamigo!

    Um abraço do tamanho da serra de S. Mamede, mais a mana Olinda :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Agostinhamigo I

      Lá estás tu a dar-me na mouche. És um atirador fixe...

      Fio-te agradecido pelo que dizes deste Henriquestabilizado.

      Abç do Leãozão que também é Henrique

      Eliminar
  22. Boa noite, Henriquamigo
    Tinha prometido a mim próprio não pôr aqui uma linha. Já basta de gaitas e como eu ando com o coração em boladas, por*a, muda o disco. Tá certo?
    Mas sempre te digo que andei a pensar em ti meses seguidos... e não havia meio de haver novas boas.
    Trata bem a tua excelente mulher, filhos, afins e netos que não sabes a riqueza que tens. Não me queixo nem quero competir mas a minha Rosa, 1 filho e 2 filhas e 2 netas são o meu único e valioso activo.
    Prá frente é que é o caminho. Não olhes para trás. Nem penses!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  23. Já tinha lido este texto de «saída da crise» no e-mail, por isso pensei que tinha comentado aqui, o que não aconteceu.

    Aqui repito o meu desejo sincero de que a crise não regresse e toda a minha compreensão para a querida RaquelAmiga!

    Beijos e abraços para ambos.

    ResponderEliminar
  24. Meu querido Henrique, já sabia da boa nova. Os nossos colegas do ginásio disseram-me assim que voltou, e dei pulos de alegria. É tão bom sentir-se feliz com os progressos de quem temos um enorme carinho :) Que a crise nunca mais volte e fique bem longe.
    Apesar de já não estar no Pump Alvalade, vou sempre sabendo de si, aqui ou através deles. Qualquer dia ainda nos cruzamos lá.
    Um grande beijinho para si, para a sua Raquel e saudades da sua presença.
    Mónica

    ResponderEliminar